quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Natureza Viva

"Só não saberás nunca que neste exato momento tens a beleza insuportável da coisa inteiramente viva. Como um trapezista que só repara na ausência da rede após o salto lançado, acendes o abajur do canto da sala depois de apagar a luz mais forte. E começas a falar."
Caio Fernando Abreu

Nenhum comentário:

Postar um comentário