quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Fernando Sabino

O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis.

Um comentário: